Quando devo receber adicional no trabalho? 

Por

20 / 5 / 2015

A CLT tooltip.png caracteriza três adicionais remuneratórios: insalubridade, periculosidade e noturno. As regras são diferentes para cada um deles.


SETA.png
 Adicional de insalubridade

É pago a todos os funcionários que trabalham em condições prejudiciais à saúde, causadas por agentes químicos, físicos ou biológicos;


Quanto recebo?

O percentual do adicional varia de acordo com o grau de insalubridade: mínimo de 10% e máximo de 40%. Todos os limites de tolerância à exposição são fixados pela Norma Regulamentadora nº 15 do Ministério do Trabalho. Mas, atenção, caso os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) forem aptos a neutralizados o agente insalubre, o adicional não é pago.

Atividades ou operações que exponham o trabalhador Percentual do adicional
Níveis de ruído contínuo ou intermitente superiores aos limites de tolerância fixados 20%
Níveis de ruído de impacto superiores aos limites de tolerância fixados 20%
Exposição ao calor com valores de IBUTG tooltip.png, superiores aos limites de tolerância fixados 20%
Níveis de radiações ionizantes com radioatividade superior aos limites de tolerância fixados 40%
Ar comprimido 40%
Radiações não-ionizantes consideradas insalubres em decorrência de inspeção realizada no local de trabalho 20%
Vibrações consideradas insalubres em decorrência de inspeção realizada no local de trabalho 20%
Frio considerado insalubre em decorrência de inspeção realizada no local de trabalho 20%
Umidade considerada insalubre em decorrência de inspeção realizada no local de trabalho 20%
Agentes químicos cujas concentrações sejam superiores aos limites de tolerância fixados 10%, 20% e 40% tooltip.png
Poeiras minerais cujas concentrações sejam superiores aos limites de tolerância fixados 40%
Atividades ou operações, envolvendo agentes químicos, consideradas insalubres em decorrência de inspeção realizada no local de trabalho 10%, 20% e 40% tooltip.png
Agentes biológicos, como pacientes em isolamento por doenças infecto-contagiosas; galerias e tanques de esgoto; e coleta e industrialização de lixo urbano 20% e 40%

Fonte: pela Norma Regulamentadora nº 15 do Ministério do Trabalho.


SETA.png
 Adicional de periculosidade

É pago quando o empregado tem contato com:

a) inflamáveis, explosivos ou sistema elétrico de potência;

b) serviços profissionais de segurança pessoal e patrimonial, em que haja risco acentuado de roubos ou violência física;

c) trabalho com uso de motocicleta ou motoneta (motoboys).


Quanto recebo?

O valor é fixado em 30% sobre o salário, independentemente de convenções ou acordos coletivos entre a categoria.


SETA.png
 Adicional noturno

É pago aos trabalhadores que exercem sua atividade durante o período de 22h às 5h. Durante esse período, a hora noturna é considerada cinquenta e dois minutos e trinta segundos, salvo para algumas profissões regulamentadas, como a dos petroleiros. Isso significa que, caso o trabalhador efetue sua atividade das 22h às 5h, ele terá trabalhado 7 horas, mas ganhará salário por 7 horas, 52 minutos e 30 segundos.


Quando recebo?

O valor é de 20% sobre cada hora trabalhada.